Segunda-feira, 26 de Abril de 2004
Execuções fiscais ascendem a 11% do PIB
O valor das dívidas em processo de execução pelas Finanças atingiu 11% do Produto Interno Bruto (PIB), segundo núemros oficias a que o Jornal de Negócios de segunda-feira diz ter tido acesso.



No final de 2003 existiam «mais de dois milhões e setecentos mil processos pendentes que correspondem a mais de 14,3 mil milhões de euros de dívidas identificadas, mas que o Estado ainda não conseguiu cobrar», refere o artigo.
A ineficácia para cobrar estas dívidas é bem patente quando se compara com o que se passa em Espanha onde o volume de dívida apenas atinge 1% do PIB.

Segundo o artigo, as dívidas fiscais é que tronam a situação preocupante: entre 31 de Dezembro de 2002 e a mesma data do ano passado, a Administração Fiscal deixou acumular 737,4 milhões de euros em dívidas, ficando com um total de que já ultrapassa os 10,5 mil M€.

este é o link


publicado por sac3107 às 22:08
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

...

Convenções para evitar a ...

Deduções e abatimentos no...

OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS ­...

Lista de Programas de Fac...

Simulador de IRS 2011

Música céltica - moderna ...

Música céltica - moderna ...

Moedas pouco usuais

Moedas japonesas

arquivos

Abril 2012

Março 2012

Abril 2010

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Fevereiro 2007

Outubro 2006

Agosto 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds