Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2004
Fraude fiscal nas cortiças chega aos 132 milhões
Jornal de Notícias
Finanças de Aveiro detectaram até ao momento 1700 facturas falsas em três anos

Esta é, seguramente, é uma das maiores fraudes fiscais de sempre. Um ex-industrial do ramo das cortiças, de Santa Maria da Feira, decidiu negociar facturas, a troco, disse o próprio, de pequenas quantias. Para o efeito, encomendava livros de facturas ,as quais entregava em branco a outros industriais. O último balanço do caso aponta para 1700 facturas, num montante que já chegou aos 132 milhões de euros.
As Finanças de Aveiro terminaram uma auditoria a apenas um pequena parte do negócio do ex-empresário. «Circulam no mercado montantes exorbitantes de facturas: em número - mais de mil e setencentas - e em valor - cerca de 26 milhões de contos, isto é 132 milhões de euros, relativos a valor base, e cinco milhões de contos, isto é 25 milhões de euros, no que diz respeito ao IVA\"» pode ler-se no relatório, que revela ainda serem essas mesmas facturas timbradas pelo mesmo ex-empresário, que, desde 1993, «deixou de trabalhar na actividade pela qual se encontrava colectado».
Acrescenta ainda o mesmo relatório que o suspeito está indiciado em 11 processos-crime de fraude fiscal (aquele incluído) e é um não declarante em termos de IVA e IRS. «A actividade exercida por C.S., desde há mais de seis anos, é a de vendedor de papel falso (facturas, recibos e guias de remessa). (....) Os valores já apurados são só relativos ao período compreendido entre o início de 1999 e finais do primeiro semestre de 2003». A Direcção de Finanças de Aveiro esclarece que «estes montantes só se tornam comparáveis com empresas de média/grande dimensão do sector da cortiça, com uma boa estrutura industrial, com um número significativo de trabalhadores e reconhecida junto de outros parceiros industriais da cortiça». O que, não é o caso de C. S. , a quem, garantem, «ninguém lhe conhece qualquer actividade».

Confessou os crimes

Há menos de um mês, C.S., em entrevista ao JN, reconheceu estar com «graves problemas com a justiça». Confessou que vendia facturas desde 1993, mas garantiu nunca ter obtido proveitos que se vissem. Esclareceu que o fazia a troco de pequenas quantias, no máximo 100 euros. Sobre os motivos que o levavam a fazer tal denúncia, C.S. explicou que o fazia por raiva, contra os grandes industriais da zona que teriam enriquecido à sua custa. A fraude consistia em enviar facturas falsas para as Finanças que, depois, reembolsavam o valor do IVA. «Os outros é que andam em grandes carros e têm grandes casas. Eu vivo de biscates e estou na miséria», confessou.
O Sindicato dos Operários da Cortiça da Região Norte está preocupado com as denúncias tornadas públicas pelo JN, em Dezembro do ano passado, que apontavam, na altura, para uma fraude de 40 milhões de euros em facturas falsas. «Nessa altura, achamos que a situação era grave. Mas se os valores, afinal, são muito superiores, então a nossa preocupação também é maior», adiantou o presidente do sindicato, António Mendes, referindo ser ainda impossível de apurar quais os efeitos da fraude no mercado. «Claro que se as empresas tiverem de fazer os reembolsos do IVA pode haver despedimentos. Mas parece-nos que estão envolvidos apenas pequenos grupos», adiantou o sindicalista, garantindo que está apreensivo. «Sempre se falou de que pudesse estar a acontecer uma situação destas. Mas nunca pensamos que se pudesse estar a falar de quantias tão elevadas», concluiu.

Tânia Laranjo


publicado por sac3107 às 21:09
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


posts recentes

...

Convenções para evitar a ...

Deduções e abatimentos no...

OBRIGAÇÕES DECLARATIVAS ­...

Lista de Programas de Fac...

Simulador de IRS 2011

Música céltica - moderna ...

Música céltica - moderna ...

Moedas pouco usuais

Moedas japonesas

arquivos

Abril 2012

Março 2012

Abril 2010

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Fevereiro 2007

Outubro 2006

Agosto 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Janeiro 2004

Dezembro 2003

Novembro 2003

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds